Por favor, já que você está aqui, alimente o peixe no fim da página...Obrigada!

domingo, 18 de novembro de 2007

Mais que branco e preto

Na vida há mais que teorias e regras;
Mais que razões e constatações;
Mais que leis e punições;
Mais que promessas e proibições
Mais que ter cumprir deveres e ter hora certa para ter prazeres.

A mente é binária por natureza
Isso não significa que a vida também seja
Um título não traz para as relações nobreza
As convenções só trazem dúvidas, tristeza e torpeza.
É preciso estar ciente da situação;
Pois aqui não cabem arrependimentos e tão pouco perdão.

Pra que tanta moralidade?

Tudo construído com o peso da idade
Para impedir que as pessoas sejam de verdade
E construir uma falsa respeitabilidade
Feita de medo, culpa, punição e falta de colocação
De tudo aquilo que não é vão,
Que desconserta mas no fundo, acerta.

Pra que tanto caráter?

Para aprisionar seres em falsas expectativas de certa realidade
Baseando tudo na tal de honestidade
É preciso ter coragem para se desfazer de toda essa falsa imagem

Para que viver então se tudo não passa de ilusão?

De controle social pela educação
Tudo nos afasta da real razão
Da vida pela vida e não de fórmulas como ação e reação.

Vou viver pela minha pulsação
Pela gratidão a minha respiração
Eu não preciso de convenção,
De nenhum instrumento de contenção
Pois sou um ser em busca da elevação.





! Eu acredito nas cores da consciência !

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. caracooooooooo!!!!! Deu um nó em minha cabeça. Foda, heim, Estrela!

    ResponderExcluir